Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

OS 10 LUGARES MAIS AMEAÇADOS DO MUNDO

Mäyjo, 17.05.15

As cidades mais vulneráveis do mundo

10. Teerão, Irão

15,6 milhões de pessoas potencialmente afectadas

Além das falhas de San Andreas ou do Anel de Fogo do Pacífico, outra zona perigosa pelos riscos de terramotos é a falha da Anatólia do Norte. Toda a população de Teerão está exposta, assim como os moradores de Bucareste, Tashkent, capital do Uzbequistão, e grande parte da Turquia.

 

Foto:  oisa / Creative Commons

 

 

AUSTRALIANO FILMA FENÓMENO QUE EQUIVALE A UMA “BOLA DE ÁGUA” A CAIR NO SOLO

Mäyjo, 31.01.15

Um agricultor do estado de Queensland, Austrália, capturou o momento em que uma espécie de bomba ou bola de água caiu do céu. Peter Thompson contou à ABC que estava na sua propriedade, situada na vila de Roma, quando presenciou o fenómeno, que filmou. “Foi uma espécie de bola de água a cair”, explicou.

“Estava sentado no tractor, a ver a chuva a vir na minha direcção, quando percebi imediatamente que havia algo diferente, por isso agarrei no iPhone e tirei fotos. Assisti a tudo, incluindo ao momento em que a chuva caiu no solo”, continuou.

Segundo Thompson, terão passado cerca de dois minutos desde o momento em que a bola de água começou a formar-se até ao momento em que caiu no chão. “A queda, em si, foi muito rápida. Parecia uma nuvem a cair no chão”.

Segundo o Bureau of Meteorology (BoM) australiano, o que Thompson viu foi uma microrrajada, um fenómeno que dura entre cinco a 15 minutos, bastante rápido e perigoso. “Ele pode causar muitos estragos ao solo ou a algum que esteja próximo, num raio de quatro quilómetros”, explicou o site do BoM.

“Ele desenvolve-se em ambientes caracterizados por cisalhamento do vento, e uma convecção profunda e húmida,com uma camada de ar seco [que produz o efeito panela de pressão]”, concluiu o site. Veja algumas fotos do fenómeno.

microrajadas_a